Tuesday, August 16, 2016

Estereótipo

Antes de chegar ao Brasil, eu achava que era um país cercado de florestas, animais e frutas tropicais. Quando eu ouvi que nós iriamos para o Brasil eu tinha 10 anos. O primeiro pensamento que veio na minha cabeça foi as pessoas usando roupas de indio, e muitos animais andando nas ruas. Mas quando meu pai disse que nós iriamos morar num condomínio com muitos prédios altos, isso quebrou a minha imagem do Brasil porque eu não sabia que tinham prédios aqui. Eu também não tinha Internet para melhorar essa imagem do Brasil. Hoje, nos podemos usar Internet para aprender a realidade do país, ou estereótipos em geral. Por exemplo, antes de participar no Casa Maria Helena, eu achava que o lugar e as crianças sériam todos tristes. Mas, quando eu fui lá, percebi que o meu pensamento estava errado: as crianças estavam felizes e estavam brincando, e as paredes eram coloridas. Assim, eu não acho que os estereótipos são ruim porque ajudam a ter uma ideía ou imaginação de como o país, ou algo é. Apesar de ter um estereótipo, eu aprendi o que era falso e também o que era verdadeiro. Por isso, eu não acho que estereótipo é ruim necessariamente. Obviamente, se é um estereótipo que oprime um grupo de pessoas, isso não é certo (por exemplo: “todo os muslims são terroristas”)



1 comment:

  1. Realmente, Ju, os estereótipos, às vezes, fazem com que tenhamos expectativas erradas de algumas situações e/ou lugares. Fiquei feliz que as suas expectativas em relação à Casa Maria Helena foram superadas!

    ReplyDelete